Museu do Registro

+-info

O projeto de restauração e requalificação da Fazenda do Registro Velho teve como premissa a recuperação desta edificação emblemática da história regional, com a adequação a uma nova ocupação de cunho sócio-cultural. O Museu do Registro, novo uso proposto para a antiga Fazenda, induziu uma intervenção de caráter multifuncional, onde a flexibilidade e a reversibilidade foram as características almejadas.

A sede da Fazenda – mesmo protegida por tombamento – encontrava-se em estado de conservação precário e demandava intervenções urgentes, mas muitos elementos não possuíam condições de consolidação. Acatando diretamente às premissas do IPHAN em Minas, a proposta do Museu mantém a percepção original do bem cultural, ao mesmo tempo em que cria espaços que atendem às demandas museológicas contemporâneas.

Optou-se por deixar parte do baldrame aparente para valorizar a técnica construtiva e potencializar percursos e sensações dos visitantes. Um espaço de exposição foi criado no nível do antigo porão, limitado pelo próprio baldrame aparente e por uma nova passarela metálica.

No pátio interno, as vedações em vidro permitem a permanência da leitura original da volumetria. Já o pergolado em madeira, independente da estrutura da casa, possibilita a articulação entre os espaços, estabelecendo novas relações de uso e ocupação do imóvel. A pavimentação, que daí parte, circunda o Museu e traz um caráter de continuidade.

Premiação: IAB-MG, Menção Honrosa 2015
Contratante: IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)
Local: Barbacena, MG
Data do projeto: 2015
Área do museu: 330 m²
Área de intervenção: 1.060 m²
Imagens: Nando Peres

Belo Horizonte - MG

Avenida Álvares Cabral, 414 - Centro

CEP 30170-000 Belo Horizonte - MG

+55 31 3262 1003 gema@gemaarquitetura.com

São Paulo - SP

Rua Sergipe, 475 sala 302

Higienópolis CEP 01243-001

+55 11 2495 9485 gemasp@gemaarquitetura.com