Teatro Oficina

+-info

Projetado nos anos 80 por Lina Bo Bardi e Edson Elito, o Teatro Oficina é um ícone da produção cultural brasileira, ambiente de vanguarda em artes cênicas, dança, música e performances coletivas.

É a primeira vez que o Oficina recebe um projeto de requalificação desde a sua fundação, preservando a essência de sua proposta original e incorporando elementos da arquitetura contemporânea para promover uma revitalização estética do espaço e sua melhor adequação às demandas de fluxo e serviços de apoio aos artistas e públicos.

O projeto desenvolvido pela Gema criou uma nova volumetria na parte posterior do edifício, que se dá no alinhamento dos pavimentos existentes, acomodando a nova área de convivência do Teatro. Esse novo pavimento, com pé direito generoso, tem fechamento em vidro em todas as suas faces, em materialidade que se contrapõe e se descola dos tijolos aparentes pré-existentes. Para além do cubo de vidro se expande o deck (ou solarium). O grande janelão de vidro permanece inalterado, mas ganha, recuado, uma faixa translúcida que engloba a nova área expandida deste 3º pavimento.

Um novo elevador instalado aos fundos do Teatro atende a todos os andares técnicos, inclusive ao 4º e novo pavimento. Acima da caixa do elevador, estão os novos volumes de caixa d’água, na cobertura que será usado como mirante e jardim.

Os banheiros de público, também foram reestruturados e adequados à acessibilidade. O pavimento dos controles foi mantido inalterado, assim como os dois pavimentos de camarins. Toda a estrutura tubular das galerias e arquibancadas foi mantida, porém, prevendo a substituição dos pisos e forros por materiais atuais.

Com as alterações propostas no atual projeto, mantém-se a integridade do espaço cênico interno devido às suas características ainda inovadoras e únicas, ao mesmo tempo em que o edifício é completamente renovado e readaptado às necessidades do grupo.

O novo Teatro Oficina atualiza a história deste importante núcleo cultural e reposiciona no século XXI os princípios de sua composição estética e funcional, agregando ao seu conjunto, com delicadeza e sensibilidade, novas tecnologias, materiais e conceitos desenvolvidos pela arquitetura contemporânea.

Contratante: Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo
Local: São Paulo, SP
Área: 800 m²
Data do projeto: 2015-2016
Imagens: Nando Peres

Belo Horizonte - MG

Avenida Álvares Cabral, 414 - Centro

CEP 30170-000 Belo Horizonte - MG

+55 31 3262 1003 gema@gemaarquitetura.com

São Paulo - SP

Rua Sergipe, 475 sala 302

Higienópolis CEP 01243-001

+55 11 2495 9485 gemasp@gemaarquitetura.com